O Crítico Interno

10 Motivos que levam ao “SIM”
8 de maio de 2017
Marketing Aplicado em Diferentes Contextos
12 de maio de 2017

Vou te ensinar a neutralizar a voz interna crítica e substituí-la por uma voz fortalecedora.

  • Nomeie a voz interna crítica ou o diálogo interno negativo;
  • Monitore a frequência, intensidade e palavras exatas de cada autocrítica;
  • Escolha um ou dois padrões negativos para focar;
    Por exemplo: Nunca vou alcançar minhas metas; ou Não consigo ser organizado; ou Nunca serei bem-sucedido.
  • Identifique ou crie algumas sentenças contrárias que irão neutralizar o diálogo interno negativo;
    Exemplos: Mentira; já obtive sucesso no passado; Consigo qualquer coisa, desde que eu queira.
  • Pratique as sentenças neutralizadoras e monitore a frequência, a intensidade e as palavras exatas de cada autocrítica e de cada neutralização.

Continue com o exercício até a voz desaparecer completamente.

Como interromper padrões de pensamentos negativos:

  • Defina o pensamento negativo ou crítico;
  • Escolha ou crie um padrão de interrupção;
    Exemplos: Gritar “Pare!”; ou usar um elástico no pulso e estica-lo e soltá-lo toda vez que quiser interromper o padrão.
  • Substitua o antigo pensamento por um novo pensamento;
  • Monitore e pratique o exercício de interrupção de pensamentos;
  • Os pensamentos estão ocorrendo com menor frequência?
  • Estão se tornando menos intensos?
  • Como a troca de pensamentos tem sido útil?

Persista e continua a prática da técnica de interrupção de padrões até que novos pensamentos substituam os antigos.

Muitas outras técnicas desenvolvidas e utilizadas nas atividades de Coaching estarei postando aqui todas segundas, quartas e sextas-feiras.

Muito obrigado!

Jorge Vieira

 

 

Comentarios

comentarios

Os comentários estão encerrados.